terça-feira, 4 de julho de 2017

Autarquia oferece instalações em troca de postos de trabalho

A Câmara de Macedo de Cavaleiros está a investir mais de meio milhão de euros num edifício público para ceder a uma empresa de trabalho temporário que promete criar 150 empregos no concelho transmontano, divulgou hoje o município.
A obra destina-se a adaptar o edifício ao funcionamento de um "Contact Center" da multinacional holandesa Randstad da área do recrutamento para trabalho temporário, que deverá instalar-se no local em setembro, ainda segundo o município.

A autarquia liderada pelo social-democrata Duarte Moreno informou ainda que "neste momento são 80 os postos de trabalho qualificados já ativos" ao serviço desta empresa, que está a exercer a atividade nas instalações da Associação Comercial de Macedo de Cavaleiros.

Este "Contact Center" presta serviço para o mercado francês e tem como cliente a empresa de telecomunicações Altice, de acordo com a autarquia.

O presidente da Câmara, Duarte Moreno, perspetiva que "em setembro", o "Contact Center" será instalado no edifício que está a ser intervencionado, prometendo que a obra "será breve".

A mudança implicará, segundo o autarca, o aumento para "150 postos de trabalho" e a Câmara Municipal assumiu a adjudicação da reabilitação com um valor "superior a meio milhão de euros".

O edifício em obras foi ocupado durante vários anos pela antiga sede do Clube Atlético. Mais recentemente estiveram ali sediadas três associações locais, nomeadamente a Associação dos Jovens Artistas Macedenses (AJAM), o Clube Mototurístico e Desportos de Combate.

A autarquia indicou que "atribuiu novas sedes" a estas associações "possibilitando que todas possam prosseguir o seu trabalho cultural, social e desportivo".

A cedência e investimento nas instalações para a multinacional está "enquadrada na política de captação de investimento da autarquia", como frisou o autarca local.

A Randstad, explicou, "iniciou há um ano a sua instalação em Macedo de Cavaleiros, em processo coordenado com a Câmara Municipal".

O município esclareceu ainda que "desde o início deste processo, toda a atividade tem sido desenvolvida nas instalações da Associação Comercial com o arrendamento a ser suportado pela Câmara Municipal, num valor já superior a 35 mil euros".

"Esta é uma demonstração clara do esforço que fazemos para atrair investimento para o nosso território", defendeu o presidente da Câmara.

Concluídas as novas instalações, o autarca afirma que "estarão criadas as condições logísticas e materiais necessárias para a Randstad consolidar a sua atividade em Macedo de Cavaleiros".

Duarte Moreno acredita que "os 150 postos de trabalho gerados constituirão um forte incremento para a economia local e da fixação de população no concelho". "Este investimento gera também impactos indiretos relevantes, a restauração, o mercado imobiliário e o restante comércio certamente saberão aproveitar a presença de mais 150 pessoas no centro da nossa cidade", considerou.

Agência Lusa

Sem comentários: