quinta-feira, 23 de março de 2017

Já foi entregue a petição pela passagem do Museu do Abade de Baçal a museu nacional

Já foi entregue ao ministro da cultura, Luís Filipe Castro Mendes,  assinada por várias personalidades nacionais com ligações a esta região, no sentido de evitar que o Museu Abade de Baçal passe a ser responsabilidade de competência municipal e que passe a integrar a categoria de Museu Nacional.
São vários os museus regionais que o ministério da Cultura pretende que passem a ser competência dos municípios-sede e consequentemente enquadrados na categoria de museu municipal.
Esta é uma decisão que tem vindo a crescer gradualmente desde a crise que levou à extinção do Instituto Português de Museus.
O Museu do Abade de Baçal criado em 1915 é considerado uma referência cultural em toda a região devido ao valor de todo o espólio nele albergado.
Na petição é referido que se o museu passar para a tutela municipal “pode desencadear uma corrida ao espólio que lá é albergado e que pertence a outras instituições e municípios da região, assim como dos museus nacionais, que não desejam ver o seu acervo gerido na esfera municipal, ou de particulares que fizeram doações a instituição estatal, levando à separação das colecções e da exposição permanente e ao possível desaparecimento público desse património ”.
Por este e por vários motivos apontados nesta extensa petição os assinantes defendem que “Museu do Abade de Baçal – pela importância nacional e regional das suas colecções sempre em ampliação, pela importância do seu papel de agente cultural e pela importância simbólica do seu passado e do seu presente – reúne todas as condições para exigir a sua passagem urgente a Museu Nacional.”
Resta agora esperar pelo parecer do Conselho Nacional da Cultura e principalmente do ministério da cultura, responsável pela decisão. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: