quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Milionário de 101 anos foi considerado incapaz

Idoso casou com empregada 50 anos mais nova.
O Instituto de Medicina Legal já fez chegar ao Tribunal de Bragança o relatório psiquiátrico de Francisco Marcolino, que morreu a 7 de julho, com 101 anos.
O relatório, realizado durante o interrogatório no âmbito da ação de interdição interposta pelos filhos do idoso milionário, que contestam o casamento do pai com uma empregada 50 anos mais nova, revela que pelo menos desde outubro de 2011 que Francisco se encontrava absolutamente incapaz de reger a sua pessoa e bens. 
O centenário casou em maio com Rita Monteiro, de 52 anos, empregada da família há 30 anos, e deixou uma fortuna avaliada em dois milhões de euros.

Correio da Manhã

Sem comentários: