sexta-feira, 6 de julho de 2018

Aldeia de Limãos sem recolha de lixo há duas semanas

Os habitantes de aldeia de Limãos, no concelho de Macedo de Cavaleiros, estão há cerca de duas semanas sem recolha de lixo.
Uma situação que está a preocupar a população, principalmente nesta altura de calor em que o cheiro e a presença de insectos se proliferam com maior intensidade, dizem:

“Os contentores estão cheios e ninguém os vem despejar. Não sei o que se passa com  os responsáveis por essa limpeza.

Já não conseguimos colocar lixo nos contentores e as pessoas já o estão a armazenar em casa.
Isto constitui um problema de higiene para a população, há moscas e sente-se o mau cheiro.
Isto não é normal acontecer.
Já há uns dias que esta situação decorre. Para colocar o lixo ao lado dos contentores, parece mal, mas para o colocar dentro não dá porque estão cheios.
Há por aqui muitas moscas e, por isso, não podemos ter as portas e as janelas abertas.
Algum lixo guardo em casa.
Agora com o calor os contentores cheiram mal. Em frente a minha casa está um tão cheio que é impossível colocar lá mais alguma coisa.
Há pessoas que põe de tudo nos caixotes, até tripas de galinhas, o que contribui também para este odor.”
Manuel Teixeira, Secretário da Junta de Freguesia de Salselas, Limãos e Valdrez, diz ter entrado hoje em contacto com o município, este que, por sua vez, explicou que esta demora na recolha do lixo naquela aldeia se deve à mudança da empresa responsável por essa atividade nos municípios da Terra Quente Transmontana, mas garantiram que amanhã (sábado) a situação será resolvida pelos próprios funcionários da nova empresa, acrescenta:

“Como a outra empresa estava prestes a sair, nos últimos quinze dias relaxou-se na recolha do lixo.

Esta nova que entrou agora não pode fazer tudo de um momento para o outro.
Através da câmara resolvemos o assunto e amanhã de manhã os funcionários da nova empresa vão recolher o lixo dos contentores da aldeia de Limãos.”
Segundo a Resíduos do Nordeste, o contrato com a empresa Ferrovial, que até então assegurava a recolha do lixo indiferenciada nos municípios da Terra Quente Transmontana, cessou a 30 de junho, tendo passado esta a ser feita, desde o dia 2 do presente mês, pela empresa ECO Ambiente S.A..

Escrito por ONDA LIVRE

Sem comentários: