quinta-feira, 4 de maio de 2017

As escadarias do São Bartolomeu em Bragança

Foto: 17.30 de 5 maio 2017
Uma foto de 2011, das escadarias em título, publicada num Grupo do Facebook, gerou críticas generalizadas relativamente ao estado de conservação das ditas cujas.
UMA FOTO TIRADA HOJE...demonstra que existiu alguma atenção/preocupação por parte de uma qualquer entidade, Câmara ou Junta de Freguesia, nem sei nem imagino, em dar a dignidade merecida ao espaço mas que, no entanto, já pouco falta para estar no mesmo "desleixo".
Por norma, todos temos alguma apetência em fazer a crítica fácil, a tal do sofá, eu incluo-me com preocupação, nesse grupo de críticos.
A pergunta que temos que fazer a nós próprios, cidadãos e contribuintes, é se o dinheiro gasto nesses melhoramentos se justifica?
Uma maneira de evitar que a erva cresça nas escadarias...é pisá-la, pisá-la com OS NOSSOS PÉS.
Todos se mostram indignados porque as escadarias estão cheias de erva mas, ninguém vai lá. ...Vi...numa foto que "meteram na net".
Quantas vezes e por quantas pessoas foram subidas as escadarias nos últimos 20 anos?
Quantos de nós as subimos e admirámos...mesmo que só, para matar saudades de namoricos e sem especial devoção ao Santo?
Eu não.
Posso estar enganado e penitencio-me desce já, se for o caso.
Pedimos, exigimos, a recuperação das infraestruturas da Zona Histórica. Pedimos serviços, espaços melhorados (de preferência como os conhecemos na nossa infância e juventude).
No entanto...frequentamos o café que fica mais perto da nossa porta. Utilizamos os serviços através da internet. Fazemos críticas e elogios...só por que, um nosso amigo, ou do nosso partido político, disse que tinha sido fixe...e que esteve muito bem.
Engolimos os números que nos transmitem de presenças...sempre largas centenas. Engolimos porque não estivemos lá...
Um dia teremos que, forçosamente, constatar os factos com os nossos olhos ou não passaremos de uns "is master voice".
Pela minha parte, tento não pertencer a este grupo de "comentadores". Mas, infelizmente, também pertenço bem mais vezes do que seria o meu desejo.
Óh amigos, bem podíamos fazer mais qualquer coisita.
Por que razão me farto de pedir um parque infantil para o meu bairro se, depois de conseguido o desiderato, não levo lá os meus filhos.

Pensai nisto!

Beijos e abraços e desculpem lá qualquer coisinha.

HM
Foto de 2011

Sem comentários: