quinta-feira, 1 de junho de 2017

Vai conduzir no IC5? Tenha cuidados com as raposas, as cobras e os sapos

A concessionária do IC5 lança esta quarta-feira uma campanha para reduzir os atropelamentos de espécies como raposas, cobras e sapos no troço desta estrada que atravessa os concelhos de Mogadouro e Alfândega da Fé, no distrito de Bragança.
A campanha, explica a Ascendi numa nota distribuída às redações, "tem como objetivo destacar o contributo da fauna autóctone para a sustentabilidade da agricultura e da caça na região do Nordeste Transmontano".

"Não atropele os animais, precisamos deles no campo" e "Quando vir um animal na estrada, deixe-o seguir a sua vida" é pedido em cartazes que vão ser colocados ao longo da estrada que liga a fronteira, em Miranda do Douro, ao Porto, em articulação com a autoestrada A4.

A campanha foi também pensada para os meios de comunicação local, com a mensagem a ser veiculada em rádio, e estará presente ainda nas comemorações do Dia Mundial da Criança com uma peça de teatro pensada para os mais pequenos e no "envolvimento das gerações mais novas".

O espetáculo será apresentado hoje no Auditório do Centro Cultural de Alfândega da Fé e, na quinta-feira, no Auditório da Casa da Cultura de Mogadouro.

A concessionária deste itinerário principal IC5 explica que o objetivo desta campanha é "reduzir o risco de atropelamento de algumas espécies e assim contribuir para a preservação da fauna autóctone transmontana".

A campanha incide sobre três espécies em particular, concretamente sapos, cobras e raposas, e procura "mostrar às populações o contributo positivo que elas trazem à sustentabilidade da agricultura e da caça, atividades das mais relevantes no tecido económico da região".

"A mensagem que se pretende passar é de apelo a que os condutores evitem atropelamentos ou esmagamentos de animais destas espécies, deixando-os seguir os seus caminhos sempre que os avistem na estrada ou nas bermas", sustenta.

A mensagem, segundo a concessionária, será transmitida pelos próprios colaboradores da Ascendi adstritos a essas vias, por entender que "são eles quem melhor conhece a estrada e a sua envolvente natural".

A campanha conta com o apoio das Câmaras Municipais de Alfândega da Fé e de Mogadouro.

Agência Lusa

Sem comentários: